Economia

63% das exportações e importações fazem-se dentro da Europa

  • 27 de Março de 2015
  • 409 Visualizações, Última Leitura a 21 Agosto 2018 às 02:16
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Em 2014, a Europa continuou a ser o principal espaço de comércio de bens para os países europeus. Ao todo, 63% das exportações e 63% das importações fizeram-se entre os 28.

A nível extra-comunitário, os Estados Unidos foram o maior parceiro comercial.

No ano passado, os 28 países que integram a União Europeia continuaram a concentrar a maioria das trocas comerciais entre si. 63% das importações e uma percentagem equivalente de exportações não chegaram a sair das fronteiras europeias.

Segundo estatísticas reveladas esta manhã pelo Eurostat, os Estados europeus exportaram ao todo bens (não se incluem serviços) no valor de 4.636 mil milhões de euros e importaram 4.529 mil milhões, a maior parte dos quais acabaram por transaccionar-se dentro de portas.

O país que mais exportou para a Europa foi a Eslováquia (é para lá que foram 84% dos seus bens), seguida do Luxemburgo (83%) e da República Checa (82%).

Já a Grécia, Malta e o Reino Unido estão no pólo oposto, entre os Estados que menos dependem dos seus parceiros comunitários (apenas 48% das exportações são para a União Europeia).

Portugal está longe dos pólos máximo e mínimo, mas acima da média, ao concentrar 71% das suas exportações para Estados europeus.

A Alemanha está abaixo da média, apenas canalizando 58% dos seus bens para a Europa.Ao nível das importações, a Estónia é o país que mais bens compra dentro da União Europeia (82% do total), seguida da Letónia (80%) e do Luxemburgo (80%).

No fim da tabela estão a Holanda, Grécia e Reino Unido, onde apenas 46%, 49% e 53% dos bens, respectivamente, são oriundos dos 28. Em Portugal, 75% das importações vêm de parceiros comunitários, enquanto na Alemanha são 66%.Quem negoceia com quemA Alemanha continuou a ser o grande mercado europeu.

É para lá que foram uma boa fatia das exportações dos 28, e é também lá que os países concentram a maioria das suas compras.

Os alemães são o principal destino de exportação de 16 países europeus, representando, em vários casos, mais de 25% do total de exportações desses Estados.

Em sentido contrário, é da Alemanha que 15 países europeus mais importam.Portugal foge a esta regra, mantendo em Espanha o seu principal parceiro comercial, quer nas exportações (os espanhóis absorvem 24% das mesmas) quer nas importações (32% das compras ao exterior vêm do país vizinho).

Estados Unidos continuam a liderarQuando se olha para o comércio fora do espaço europeu verifica-se que a posição de principal parceiro comercial ocupada pelos Estados Unidos ao longo de vários anos seguidos, está agora a ser disputada pela China: os Estados Unidos representaram 15% do comércio extra-comunitário, contra 14% da China.

Os Estados Unidos concentraram 18% das exportações extra-comunitárias de bens e 12% das importações, enquanto a China absorveram 10% das exportações europeus e foram responsáveis por 18% das importações, segundo o Eurostat.

Fonte: Jornal de Negócios

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos