Economia

Açores serão laboratório de referência para as energias renováveis

  • 18 de Novembro de 2009
  • 194 Visualizações, Última Leitura a 25 Setembro 2017 às 08:01
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Açores serão laboratório de referência para as energias renováveis

Carlos César assina amanhã o protocolo de cooperação financeira para o projecto Green Islands.

O presidente do Governo Regional preside amanhã à cerimónia de assinatura do protocolo de cooperação financeira entre a Fundação para a Ciência e Tecnologia (em representação do MIT-Portugal), o Governo Regional dos Açores e a Universidade dos Açores, no âmbito do desenvolvimento do projecto Green Islands.

O protocolo justifica-se, uma vez que “a energia é um sector estratégico e fundamental para a competitividade das empresas e para o bem-estar dos cidadãos”, segundo se pode ler em nota de imprensa do Governo Regional.

De acordo com a mesma fonte, é a “necessidade de proteger o ambiente e a instabilidade dos preços dos combustíveis fósseis”, que aconselham a “uma aposta significativa e continuada na diversificação das fontes energéticas, sobretudo de origem renovável, assim como na promoção da eficiência energética”.

O protocolo associa a Universidade dos Açores àquele projecto, através de dezoito equipas, que desenvolverão investigação em áreas, como a caracterização dos padrões consumo de energia, a eficiência energética dos edifícios, caracterização dos recursos renováveis para a produção de energia eléctrica, assim como o desenho projectos-piloto.
 
Os trabalhos desenvolvidos serão incorporados no projecto Green Islands, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, em desenvolvimento pelo MIT-Portugal, o qual se destina a promover conhecimento científico crítico para o desenvolvimento de sistemas sustentáveis de energia, “caracterizados por reduzida dependência de combustíveis fósseis”, e o consequente desenvolvimento tecnológico em parceria com empresas nacionais e internacionais, que permitirá a sua implementação nos Açores.

Refira-se que as Orientações de Médio Prazo 2009/2012, apresentadas pelo Executivo de Carlos César, realçam a importância do investimento na criação condições para a promoção de um Sistema Sustentável de Energia, que aproveite o potencial de recursos endógenos existentes e transforme os Açores num laboratório e numa região de referência nos domínios da eficiência energética e da utilização de energias renováveis.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Nove mais Quatro? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos