Economia

Gripe A está a passar ao lado das empresas

  • 9 de Novembro de 2009
  • 206 Visualizações, Última Leitura a 22 Agosto 2017 às 01:28
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Apesar do H1N1 ter já obrigado ao fecho de escolas, não há registo de empresas encerradas.

Os surtos de gripe A que se têm registado em várias escolas do país e que já levaram ao encerramento de turmas não chegaram ainda às empresas. No ministério do Trabalho ainda não deu entrada nenhuma declaração de encerramento de empresa devido à pandemia, apurou o Diário Económico. É que à semelhança dos casos de ‘lay-off', a lei prevê que as empresas comuniquem ao Estado o seu encerramento.

Perante os primeiros casos de gripe A, a ministra da Saúde, Ana Jorge, admitiu que algumas empresas poderiam vir a fechar portas. Um estudo da consultora Randstad previu mesmo que infecções pelo vírus H1N1 poderiam elevar o absentismo laboral até aos 50%, gerando o "caos" no mercado de trabalho.

Mas para já, as empresas portuguesas continuam imunes à gripe. Apesar das baixas médicas que chegam à Segurança Social não especificarem o motivo da doença (à excepção dos casos de tuberculose) "os valores do mês de Setembro não variam muito dos de Abril ou de Julho", disse ao Diário Económico fonte do ministério do Trabalho.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Nove mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos