Economia

Geotermia com novo potencial

  • 5 de Novembro de 2009
  • 117 Visualizações, Última Leitura a 20 Setembro 2017 às 00:28
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

As ilhas açorianas podem desenvolver pequenos projectos geotérmicos que utilizem as águas quentes para aquecimento de edifícios públicos, nomeadamente hospitais e escolas, defende o geólogo José Martins Carvalho.

“É possível realizar nos Açores pequenos projectos geotérmicos para uso directo das águas quentes em aquecimento de edifícios, concretamente em hospitais e escolas onde existem grandes consumidores”, afirma o docente da Universidade do Porto.

José Martins Carvalho falava à margem dos trabalhos do Encontro Internacional de Termalismo e Turismo Termal que decorre até sexta-feira nas Furnas.

O geólogo lembrou que já existem estudos naquele sentido, como o projecto denominado Vulcmac e Águas Quentes, e destacou “as vantagens económicas” do aproveitamento dos efluentes de uma central geotérmica.

“Este projectos permitem a poupança de importação de combustíveis e contribuem para a diminuição de emissão de CO2”, sublinhou.

No seu entender, é também possível perspectivar nos Açores o aproveitamento dos efluentes de uma central geotérmica para usos recreativos, por exemplo, para um parque temático.

José Martins Carvalho considerou, ainda, que os Açores dispõem de condições “excelentes para o turismo termal”, mas defendeu que a aposta deve passar por “produtos personalizados, associados à medicina”.

No fim do encontro vai ser elaborada “a Declaração dos Açores”, um documento com “linhas gerais sobre a protecção das águas minerais.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos