Economia

Banca continua a dificultar o acesso ao crédito

  • 29 de Outubro de 2009
  • 230 Visualizações, Última Leitura a 18 Novembro 2017 às 21:32
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A conclusão está vigente no último inquérito do Banco de Portugal

Os bancos portugueses estão a contrariar a tendência verificada na Zona Euro e continuam a dificultar o acesso ao crédito. A conclusão é retirada do último inquérito do Banco de Portugal, referente ao último trimestre do ano.


Os empréstimos mais atingidos são os referentes à habitação, em que o aumento dos “spreads” e a quebra de financiamento tornam cada vez mais difícil a compra de uma casa.
O Banco de Portugal também aponta, no inquérito de Outubro, para o aumento, em alguns casos, das comissões cobradas ao cliente nos empréstimos à habitação.


Contudo, não são só as famílias que estão a sofrer com o “apertar de cinto” dos bancos. As empresas também têm visto as exigências para a obtenção de créditos a aumentarem e as estimativas do sector não são animadoras.


Segundo o inquérito do Banco de Portugal, “spreads” mais altos, a “redução da maturidade de empréstimos concedidos, uma maior exigência de garantias, um aumento das comissões e outros encargos não relacionados com a taxa de juro”, assim como “uma maior exigência das condições contratuais” estão a dificultar o acesso ao crédito por parte das empresas.


A principal consequência desta retracção é que, entre Julho e Setembro deste ano, a procura de financiamento.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Oito? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos