Comunicação e Eventos

Turismo, comércio e ligações marítimas preocupam empresários

  • 29 de Julho de 2010
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) reuniu hoje, 29 de Julho, com o Secretário Regional da Economia, Vasco Cordeiro, tendo sido discutidos assuntos ligados ao Turismo, Transportes Marítimos e Aéreos, Comércio Tradicional e Sector Automóvel.

Relativamente ao Turismo, a Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo considera que, apesar dos constrangimentos verificados no concurso público de adjudicação da campanha de promoção do destino Açores nos próximos três anos no valor de 30 milhões de euros, é imprescindível o lançamento, pela Associação de Turismo dos Açores, de uma forte campanha de promoção dos Açores nos mercados externos ainda em 2010. É essencial que os resultados desta campanha sejam sentidos no último quadrimestre deste ano para fazer face às grandes dificuldades que o sector atravessa.
Ainda relativamente ao turismo a CCAH reforçou a reivindicação da prorrogação de prazo de reembolso dos investimentos da área do turismo no âmbito dos programas nacionais.

Foi igualmente reforçada a urgência de ser concluído o parque de estacionamento no aeroporto das Lajes, bem como a concretização do Terminal de Cargas e Placa de estacionamento neste aeroporto.
 
Transporte marítimo de passageiros e comércio

Relativamente ao transporte marítimo de passageiros a CCAH reforçou novamente a sua grande preocupação perante o não cumprimento das obrigações de serviço público estipuladas no início deste ano, principalmente entre as ilhas Terceira, Graciosa e São Jorge. E reivindicou uma estreita colaboração para que se prepare a operação de 2011 de forma que estes constrangimentos não se repitam. Pedido que foi imediatamente aceite pela empresa Atlanticoline, tendo já sido agendada uma primeira reunião para a próxima terça-feira entre a CCAH e o Presidente da Atlanticoline, Comandante António Raposo.

Tendo em consideração as declarações do Secretário Regional da Economia no início deste ano, quando anunciou que o Governo vai promover, no segundo semestre de 2010, uma avaliação intercalar do SIDER para avaliar o cumprimento dos seus objectivos e eventual necessidade de adequação dos seus elementos estruturantes à legislação comunitária, a CCAH considera fundamental o reforço dos apoios ao comércio tradicional e principalmente às micro e pequenas empresas, concedendo mais meios para que possam fazer face às novas exigências do mercado e possam competir com as grandes superfícies.

Outro tema abordado com o Sr. Secretário Regional prendeu-se com o crescimento da economia paralela, um factor sobre o qual a CCAH exige uma forte fiscalização pois a continuação destas práticas prejudicam muito as empresas que trabalham de forma honesta no mercado.

E por fim, no que diz respeito ao sector automóvel, Sandro Paim reforçou a exigência já manifestada no encontro com a ACAP, referente à alteração da política de abate de viaturas em fim de vida e a premência da necessidade do alargamento das inspecções periódicas aos concessionários de automóveis, uma prática comum nos restantes países da União Europeia.

Pesquisar

Mais recentes na Galeria

Ver Galeria