Comunicação e Eventos

Potencial do Porto das Pipas deve ser explorado

  • 16 de Junho de 2010
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Na sequência de declarações da Presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo (CMAH), associando a zona do Porto das Pipas à insegurança e ao “consumo excessivo de álcool e drogas”, a Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) lamenta que um dos locais com maior potencial em Angra do Heroísmo continue a ser citado e evocado por razões negativas.

Os custos elevadíssimos das rendas praticados pela APTG, sem qualquer variação ao longo do ano como são preconizados em outras zonas semelhantes dos Açores, o custo da exploração de esplanadas, da obrigação de policiamento especial e as constantes licenças exigidas aos espaços comerciais, têm provocado graves constrangimentos financeiros aos empresários com negócios no Porto das Pipas, aos quais nada ajuda a frequente depreciação daquela zona de lazer da cidade.

Além das “actividades desportivas e de lazer” anunciadas pela autarquia para aquela zona, o que a CCAH elogia, os empresários entendem que o Porto das Pipas tem um potencial que deve ser explorado através de outras actividades que criem dinâmica no local.

Por isso, ao longo dos últimos meses, são já várias as actividades propostas pela CCAH e os empresários, às quais a APTG não dá seguimento. Eventos de maior proporção, programas de animação, ou a requalificação do parque de estacionamento e zona de esplanadas, bem como condições sanitárias, são exemplos de propostas apresentadas para aquela zona, que tardam em ser implementadas.  

A CCAH considera, portanto, que deve ser explorado todo o potencial do Porto das Pipas e área envolvente, viabilizando e dignificando o espaço para os seus comerciantes e utentes.

Pesquisar

Mais recentes na Galeria

Ver Galeria