Comunicação e Eventos

Jantar convívio do 158º aniversário da CCAH juntou 200 Associados

  • 14 de Junho de 2010
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) celebrou, a 11 de Junho, no Clube de Golf da Ilha Terceira, o seu 158º aniversário com um jantar convívio, que contou com cerca de 200 associados.

No discurso de abertura, o Presidente da CCAH, Sandro Paim, fez um pequeno balanço do que foi 2009 para a economia regional, “um ano marcado pela perda acentuada de actividade e emprego na construção civil e sectores associados, pela quebra acentuada de turistas, pela redução na actividade dos transportes, por quebras nos serviços e na actividade económica em geral”.

Perante esta conjuntura difícil, lembrou algumas actividades dinamizadas pela Associação Comercial, umas a nível conjuntural, como Exposições de Actividades Económicas, Feiras de Gastronomia ou conferências, e outras a nível estrutural, como a aposta na formação e-learning, o plano Açores Logístico ou o projecto da Escola de Negócios dos Açores.

João Duque foi o orador convidado

O presidente do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), e especialista em mercados, professor João Duque, foi o orador convidado da Sessão Comemorativa do Aniversário. Abordou as “perspectivas da saída da crise numa economia ultraperiférica”, lançando uma panorâmica geral sobre o estado da Economia e do endividamento público português.

Deixou alertas ao bem “cada vez mais escasso” dos meios de financiamento, utilizado sobretudo para combater o défice, considerando que o Estado tem de “ter atenção” na forma como aplica o capital, de modo a não provocar prejuízos futuros incontroláveis. Na perspectiva do convidado, podemos entrar numa situação de ruptura, e daqui a 50 anos podem até “não haver grupos económicos portugueses fortes”. 

Para ultrapassar a situação, João Duque, apelou ao estímulo na poupança, a uma gestão pública mais eficiente e ao saneamento das contas do Estado. A redução dos custos de produção, o aumento das exportações e uma utilização perspicaz dos nossos pontos mais fortes, localização geográfica e características humanas dos portugueses, podem ser as “chaves para a saída da crise”.

Paralelamente, a CCAH assinou um protocolo com o ISEG. Este protocolo regulará de forma geral as relações institucionais entre as duas instituições, definindo o seu âmbito, tipo de acções de cooperação, assim como a forma de gestão e a sua duração. Este protocolo reflecte a forte aposta da CCAH na formação dos gestores de topo das empresas açorianas.

Prémios para Emater e AçorCarnes

Foram, também, entregues dois prémios CCAH, Carreira e Empresa Empreendedora, eleitos, exclusivamente, por votação online dos Associados da CCAH.

O Prémio Carreira, que visa homenagear a excelência da actividade empresarial de uma das empresas associadas, foi entregue à empresa Emater. Com 43 anos de actividade, tem, actualmente, 6 lojas, 3 armazéns na área de venda por grosso e 3 Supermercados na área de venda a retalho, totalizando uma área de venda de 7000 m2, preparando-se para abrir outro supermercado no Porto Judeu de Cima.

O Prémio Empresa Empreendedora, que procura reconhecer a inovação, a capacidade de renovação e o pioneirismo empresarial, foi entregue à AçorCarnes. Pioneira no comércio e promoção da "Carne dos Açores - Indicação Geográfica Protegida", é actualmente a única empresa a comercializar e promover a carne certificada dos Açores no mercado continental. Explora um conceito inovador de talho na Cidade de Angra, comercializando em exclusivo "Carne dos Açores - IGP" e está, actualmente, a concluir um investimento em duas unidades industriais em Angra do Heroísmo

No jantar convívio de sexta-feira, a CCAH homenageou, ainda, um Associado, João Espínola da Silva, hoje com 85 anos, 69 dos quais de dedicação à actividade comercial na Ilha Graciosa.  

Historial

A CCAH surgiu em Abril de 1852, com o objectivo de “formar uma Associação Comercial que, indagando as necessidades do comércio, concilie e promova os seus interesses particulares e gerais”. Foi declarada Pessoa Colectiva de Utilidade Pública em 1990, e em 2002 foi condecorada pelo Presidente da República com o título de “Membro Honorário da Ordem do Mérito Agrícola, Comercial e Industrial”.

Actualmente tem sede na Rua da Palha, em Angra do Heroísmo, e conta com mais de 860 Associados, de diferentes sectores de actividade, nas Ilhas Terceira, São Jorge e Graciosa, onde funcionam dois núcleos empresariais. Em Abril de 2010, a CCAH abriu um Gabinete de Apoio na Praia da Vitória, reforçando a proximidade naquele concelho terceirense.

Pesquisar

Mais recentes na Galeria

Ver Galeria