Comunicação e Eventos

Sistema de Normalização Contabilística coloca novos desafios às empresas

  • 10 de Dezembro de 2009
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Cerca de uma centena de empresário assistiram, esta tarde, no Auditório do Ramo Grande, a um seminário sobre o novo Sistema de Normalização Contabilística (SNC), promovido pela Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH), em colaboração com a Câmara Municipal da Praia da Vitória.

Este novo Sistema entra em vigor em Janeiro de 2010 e revogará o Plano Oficial de Contabilidade (POC), utilizado desde 1977. O SNC coloca às empresas novos desafios, visto que terão de adaptar a sua estrutura financeira e contabilística de acordo com as Directivas Contabilísticas Comunitárias. A consultora da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, Paula Franco, elogiou o papel da CCAH, como “primeira entidade patronal a promover esta sessão a nível nacional” e alertou para a eventual “resistência à mudança e necessidade de formar recursos, bem como respectivos custos associados ao SNC”.

Segundo disse a oradora convidada, o SNC “pretende proporcionar às empresas a disponibilização e acesso a informação financeira clara e precisa”, pelo que “todo o esforço dispendido na transição deverá ser visto como uma vantagem e não um custo”.

No fundo, o SNC provocará mudanças nas áreas contabilística e financeiras que, afectando a empresa como um todo, influenciarão a actividade económica. Assim, a oradora recomendou os empresários a “anteciparem o impacto das novas normas” no sentido de “reduzirem os riscos”, simplificando o processo de transição e contribuindo para o sucesso do mesmo.

Outra das principais dificuldades que o SNC poderá provocar prende-se com as profundas diferenças entre o novo código de contas e o POC  actualmente em vigor, e que, entre outras coisas, compreende alterações em classes de contas, criação de novas classes e adaptação de vocabulário que introduz novos termos.

Revalorizar activos/passivos na abertura de 2010 tendo em conta as Normas Contabilísticas de Relato Financeiro e realizar os ajustamentos necessários face aos novos critérios de mensuração, assim como converter os dados de 2009 para o formato SNC, com vista a poder obter nos mapas de relato financeiro de 2010 o comparativo com 2009, serão outros dos desafios colocados às empresas.

Pesquisar

Mais recentes na Galeria

Ver Galeria