Comunicação e Eventos

Más Acessibilidades provocam graves prejuízos na Graciosa

  • 6 de Agosto de 2009
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A Ilha Graciosa vê-se a braços com as suas festas mas sem turistas! As ligações aéreas estão completamente esgotadas impossibilitando a ida para esta ilha de grupos musicais que iam actuar durante as festividades. O problema agrava-se com as ligações marítimas para a Ilha Graciosa que não conseguem satisfazer as necessidades dos turistas. Estes constrangimentos trazem prejuízos avultados principalmente na época das Festas, uma altura em que a ilha Graciosa recebia um grande fluxo de turistas.

O Presidente do Núcleo Empresarial da Ilha Graciosa da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, Dr. Carlos Brum salienta que “alguns empresários tentaram organizar Pacotes Turísticos para promover as Festas e a Ilha mas que se revelaram impraticáveis porque simplesmente não há lugar nos aviões e o barco não tem ligações adequadas às necessidades dos turistas”.

Tendo em conta que o mercado é cada vez mais exigente e competitivo, os acessos ponto a ponto são a melhor alternativa, pelo que os empresários graciosenses defendem a aplicação ao grupo central da mesma política de transporte marítimo praticada em outras ilhas, possibilitando aos turistas visitar a Graciosa mais vezes num mês, por dois ou quatro dias, fomentando assim o turismo na ilha.

Não é compreensível que o navio mais rápido se concentre nas ligações do grupo oriental, e não seja destacado para o grupo central onde se encontra o maior agrupamento de ilhas, permitindo assim o aumento de toques em cada uma das ilhas. Neste momento, no mês de Agosto e já com a operação das duas embarcações, os horários não permitem potenciar o turismo nas ilhas Graciosa e São Jorge. Numa análise realizada pela Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo é constatado que a ilha de Santa Maria consegue captar fluxos turísticos directos de São Miguel com pacotes de 2 ou 4 noites 14 vezes no mês de Agosto, a Graciosa apenas consegue captar fluxos turísticos directos da Terceira 8 vezes, enquanto São Jorge não consegue uma única vez.

Pesquisar

Mais recentes na Galeria

Ver Galeria